Ministra da Saúde não ajudou criança contaminada com sida no hospital


A mãe da menor de três anos que foi contaminada com o VIH-Sida no hospital pediatrico diz que a ministra não cumpriu com o que disse à imprensa.

É com dor que os pais da criança contaminada no ano passado com o VIH -Sida quando foi submetida a transfusão de sangue no hospital público David Bernardino. 

Segundo a mãe, em entrevista à TV Zimbo, a ministra da Saúde, Silvia Lutucuta, não cumpriu com o prometido há quatro meses. Nunca foi realizado nenhuma inspecção no sentido de responsabilizar os profissionais em serviço, tão-pouco prestou algum apoio à família.

Com a situação de saúde da criança a agravar a cada dia visto que também padece de anemia falciforme e nasceu com o coração maior que a caixa, a família não consegue comprar a medicação completa.

Em choros, a mãe que viu o negócio a falir por causa da saúde da filha e o marido agora em casa por acidente de trabalho, contou que os inspectores alegavam que os profissionais que fizeram a transfusão na altura estavam intenados com covid, razão pela qual não dava seguimento ao inquérito. Depois de se deslocar ao hospital encontrou os mesmos a trabalhar e alegaram nunca foram chamados pela inspecção da Saúde.

A família pede ajuda para salvar a criança, nesta altura com a barriga inflamada e com irritação constante na pele.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
2
   

Comentários