Mata a mulher, põe o cadáver ao lado do filho de 1 ano, atira fogo em casa e tenta se matar


Uma mulher de 35 anos foi morta facada pelo marido, no município da Samba, em Luanda. Com o filho junto ao cadáver da mãe, o homicida (pai) trancou as portas, ateou fogo a casa e tentou, a seguir, suicidar-se.

Violante Barber Vilma, foi apunhalada várias vezes no peito. Na sequência deste crime, o suspeito, Nuno Maio, de 46 anos, tentou queimar a casa e depois suicidar-se, mas a pronta intervenção dos vizinhos impediu as duas intenções.

Sob custódia da polícia, o agressor está hospitalizado e apresenta ferimentos graves, aguardando recuperação para ser conduzido ao Ministério Público (MP).

A vítima tinha com o agressor três filhos e em momento algum fez participação na Polícia Nacional sobre eventuais episódios de violência doméstica, embora os vizinhos garantam que o homicida "era muito mau para ela".

Os Serviços de Investigação Criminal (SIC) já efectuaram a perícia no local do crime e avançaram com os procedimentos legais.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
1
   

Comentários