Mais de 8 mil alunos abandonam a escola na Huíla
Oito mil 968 alunos do ensino primário e secundário do I Ciclo, abandonaram progressivamente as escolas durante o segundo semestres do ano lectivo 2019, por causa da seca que afectou os municípios dos Gambos e Chibia, na província da Huíla.

A informação foi prestada hoje pelo administrador municipal dos Gambos, Elias Sova, quando apresentava o relatório sobre a situação socioeconómica dos Gambos, Humpata e Chibia, na 1ª Reunião Ordinária do Governo Provincial da Huíla-2020, decorrido, na sede comunal do Chiange, a 150 quilómetros da cidade do Lubango.

Elias Sova disse que entre as referidas crianças, sete mil e 908 são do município dos Gambos e 1.060 da Chibia. 

“A seca assolou sobremaneira este dois municípios, e mesmo com a implementação do Programa de Merenda Escolar nestes regiões, que beneficiou 3.796 alunos, o abandono escolar foi elevado”, informou, Elias Sova.

O responsável fez saber, por outro lado, que O Governo Provincial, a Comissão Provincial da Seca, partidos políticos e algumas entidades da sociedade civil apoiaram várias famílias de ex-militares afectadas pela seca nos três municípios, concretamente 12 mil e 373 nos Gambos, cinco mil e 363 na Humpata e 16 mil na Chibia.

No âmbito do Programa de Emergência, informou o responsável, os aludidos municípios foram contemplados com 137 moto-cisternas para abastecimento de água potável às populações carentes .

Crédito de Jornal de Angola

REAÇÕES

COMENTÁRIOS