Mais de 30 pessoas morrem de tuberculose
Dos dois mil e 508 casos registados nas unidades sanitárias da província do Namibe, trinta e nove pessoas morreram nos últimos três meses, por esta doença infecciosa, em Moçâmedes.

Segundo fonte da Angola-Online, comparativamente ao igual período do ano passado, houve aumento de dois casos, dos dois mil e 598 casos registados.                           

A informação foi avançada nesta quarta-feira pelo director do Gabinete Provincial de Saúde, Franco Mufinda, durante o seminário sobre Gestão da Tuberculose na Criança, que teve início na referida cidade.

O responsável disse também que os níveis de mortalidade provocados pela tuberculose, são superiores em relação ao resto da província, principalmente no segundo trimestre do ano em curso, embora que a provóncia não regista ruptura de medicamentos anti-tubérculo.

Falando da resistência da doença ao medicamento, Franco Mufinda enfatizou que Namibe tem acima de 40 casos multidrogas de resistências, que estão a ser seguidos no hospital sanatório, enquanto os casos simples, estão a ser geridos nos hospitais municipais e provinciais, olhando a especialidade de cada um.

Angola-Online sabe que, Vinte e oito pacientes de um total de três mil e 232 abandonaram o tratamento no hospital sanatório do Sacavula de Janeiro a Julho do ano em curso, optando pela medicação tradicional.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS