Mais de 200 mil angolanos perderam o emprego
Os dados foram avançados ontem, na cidade do Lubango, pela ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias, durante o Conselho Consultivo que a província da Huíla acolhe de 27 a 30 do mês em curso.

O certame, que tem como objectivo analisar os resultados e metas do sector no quinquénio 2018/2022, vai igualmente analisar os 12 objectivos traçados, bem como discutir as 21 metas e igual número de pontos que o sector que dirige se propôs a realizar, durante os cinco anos.

“Por força da pandemia da Covid- 19, temos registado empregos destruídos, com maior destaque para os anos de 2019 e 2020, perfazendo, no quinquênio, o total de 271.562 cidadãos que perderam os postos de trabalho. Importa realçar que, ainda assim, com todo o esforço do Executivo, conseguiuse conservar 219.206 postos de trabalho e estamos num período em que tem estado mais evidente a retoma dos postos de trabalho, em função da nossa economia”, disse.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários