Lunda-Norte: Anciã envenena o esposo e enterra o corpo numa lavra


Isabel António, de 60 anos deidade, está a ser acusada de ter morto o seu marido, de 63 anos, por envenenamento, e enterrado o corpo na lavra, arredores da cidade de Ndalatando, província de Kwanza Norte.

Dados colhidos do comando da Polícia Nacional no Cuanza Norte, dão conta que o triste cenário aconteceu a uma semana e meia, mas o corpo da vítima só ontem, domingo, 13, foi encontrado, na localidade de Kapalanga, 15 quilómetros da cidade de Ndalatando.

Angola-Online soube que a descoberta foi possível depois de suspeitas levantadas sobre o comportamento da esposa,que se manifestava despreocupada com o desaparecimento do marido, após dias de diligências para a sua localização.

Exames médicos efectuados pela médica legista no local apontam para um possível envenenamento, cuja substância foi colocada numa bebida caseira, provas que leveram a detenção da acusada.

Fonte: Angop

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK