Luanda em alerta máxima para não ser devastada pela cólera
A directora do Gabinete Provincial da Saúde de Luanda, Rosa Bessa, disse ontem que a população deve cumprir e reforçar as medidas de prevenção da cólera.
Angop

A responsável exortou o cumprimento dos cuidados básicos de higiene pessoal como lavar as mãos antes de comer e depois de utilizar o quarto de banho ou a latrina, abster-se de comer alimentos expostos ao ar livre ou sob suspeita de mau acondicionamento, lavar as frutas e verduras em água desinfectada com lixívia (para cada litro de água 10 gotas) e beber apenas água filtrada, fervida e desinfectada, são as recomendações da directora provincial da Saúde.

Rosa Bessa aconselhou ainda, adopção de medidas que melhorem as condições de higiene dentro de casa e no ambiente exterior, além da necessidade de haver um cuidado especial com o manuseamento do lixo e evitar o contacto directo com a água de enchentes e lagoas, visto que podem ser fontes enfermidades como a hepatite, a cólera e a febre tifóide.

REAÇÕES

3
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   

Comentários