Jovem mata o pai de 62 anos por não ter emprego


O jovem, de 32 anos, tirou a vida do pai, de 62 anos, por alegadamente não ter sucesso na vida.

O crime ocorreu na passada quinta-feira, na Humpata, província da Huíla. O jovem justificou o cometimento do crime com o facto de, alegadamente, o pai impedir seu sucesso na vida, como emprego, através de práticas de feitiçaria.

Antes de comer o crime, procurou saber do pai a razão de não prosperar.

REAÇÕES

0
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
2
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK