JLO autoriza enquadramento de profissionais da saúde


7.350 Profissionais de saúde aprovados no concurso de 2019 mas que na altura não foram admitidos por insuficiência de vagas.

No despacho presidencial 218/21, o Chefe de Estado autoriza a admissão para os quadros da saúde de técnicos superiores de 2ª classe, técnicos médios de enfermagem de 3ª classe, condutores de ambulância de 3ª classe, secretários clínicos de 3ª classe. Aprova igualmente o ingresso de maqueiros de 3ª classe e de vigilantes de 3ª classe.

Os candidatos devem ser seleccionados atendendo os critérios da necessidade do sector, especialidade, da nota mais alta obtida no exame e da mobilidade geográfica, determina o documento.

Esta autorização "excepcional" teve em consideração, segundo se pode ler no despacho presidencial, "a grande pressão assistencial que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde sofrem no atendimento aos utentes com diferentes enfermidades, agravada pela pandemia e a necessidade de assegurar o cumprimento do Plano Nacional de Vacinação da covid-19, assim como a entrada em funcionamento de novas unidades hospitalares de referência nacional".

REAÇÕES

1
   
0
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários