Já estão presos gatunos que mataram segurança e levaram a arma AKM-47


Faziam assaltos e violavam.

As detenções foram realizadas no âmbito de uma operação realizada pelo SIC, em coordenação com a Polícia Nacional (PN), em cumprimento do plano estratégico de combate aos crimes violentos, disse ao Novo Jornal o porta-voz do SIC-Uíge, Zacarias Fernando.

Segundo o responsável pela comunicação do SIC na província do Uíge, para além de serem apontados como autores de uma série de crimes, em que se inclui o homicídio voluntário com picareta, os seis detidos estão implicados na constituição de vários grupos de marginais.

"São considerados altamente perigosos. Para além de serem assaltantes temidos, também formaram diversos grupos de marginais", avançou Zacarias Fernando ao Novo Jornal, informando que os elementos em causa assassinaram o segurança de uma empresa privada em pleno local de trabalho.

"A vítima, de 46 anos, que em vida respondia pelo nome de Augusto João Malemba, encontrava-se em pleno exercício de funções, a repousar no interior de uma viatura estacionada na via pública, sob sua protecção, no bairro Orlando Fonseca, arredores da cidade do Uíge, quando apareceram os criminosos, munidos com uma picareta, e destruíram o vidro lateral esquerdo da viatura, desferiram um golpe na cabeça da vítima, provocando-lhe morte imediata", contou o porta-voz, sublinhando que, após o assassinato, os meliantes se apropriaram da arma de fogo do tipo AKM-47 que se encontrava em posse da vítima.

Os seis cidadãos vão ser apresentados na manhã desta sexta-feira, 03, ao magistrado do Ministério Público (MP) junto do SIC-Uíge, para conhecerem as eventuais medidas de coação.

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   

Comentários