Interpol caça Isabel dos Santos
Interpol emitiu um "alerta vermelho" para a empresária angolana Isabel dos Santos, filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos, confirmou a força policial internacional à Reuters.

O "alerta vermelho" (red notice) constitui um "pedido às forças de segurança locais em todo o mundo para localizarem e deterem provisoriamente uma pessoa para posterior extradição, entregar-se ou uma ação legal similar".

O "red notice" não é um mandado de captura internacional - que a Interpol não emite nestes casos - sendo "uma solicitação de um Estado aos outros, distribuída através da Interpol", esclarece Rui Verde, jurista no Maka Angola.

Assim, na prática, trata-se de um pedido de Angola a todos os países que integram a Interpol para que localizem e prendam provisoriamente Isabel dos Santos.

Após a Interpol enviar este alerta para todos os Estados membros, caberá a cada país decidir, de acordo com a legislação nacional, se irá deter ou não a pessoa em causa e entregá-la.

Os advogados de defesa da empresária angolana tinham negado que esta fosse alvo de um mandado de captura internacional, como tinha sido noticiado pela Lusa a 18 de Novembro.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários