INEMA com dificuldades de funcionamento na Lunda Sul


O Instituto Nacional de Emergências Médicas de Angola, (INEMA), informou nesta terça-feira, que está com dificuldades de estabelecer o funcionamento normal e a criação de postos fixos nas estradas, nos municípios da província da Lunda Sul, devido a falta de técnicos especializados.

Segundo Miguel Clemente, coordenador provincial do INEMA, actualmente a instituição conta com apenas oito técnicos e seis viaturas, números considerados insuficientes para corresponder a demanda.

Em declarações, Miguel Clemente infromou que são necessários mais três médicos, dez enfermeiros, dois motoristas, e igual número de motoqueiros.

O INEMA foi criado no dia 21 de Agosto de 2009 para garantir a assistência hospitalar e a evacuação assistida a pessoas atingidas por doenças súbitas ou em perigo iminente de vida.

A instituição atendeu, de Janeiro a presente data, 380 pacientes dos 5 aos 70 anos de idade na via pública (por acidentes de viação), em residências, nos hospitais e em eventos de grande dimensão realizados na província.

Fonte: Angop

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK