Indicado hospital que vai tratar da saúde de João Lourenço
O Chefe de Estado assinou um decreto em que cria e aprova o estatuto orgânico do Hospital Pedro Maria Tonha "Pedalé", de "assistência e apoio técnico ao Presidente da República e aos principais dirigentes do Estado".

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O Hospital Pedro Maria Tonha «Pedalé» é um instituto público, dotado de personalidade jurídica e de autonomia administrativa, financeira e patrimonial e pretende-se, segundo o decreto, que seja uma unidade hospitalar de referência nacional, vocacionada para a assistência médico-cirúrgica, promoção da formação e investigação em ciências de saúde.

De acordo com o decreto de 24 de Dezembro, a unidade hospitalar deverá prestar serviços médicos ao Presidente da República e aos principais dirigentes do Estado, e de avaliação e rectaguarda assistencial aos demais hospitais nacionais para doentes com critério de evacuação médica para o exterior do País.

São também atribuições deste novo hospital "prestar assistência médica e cirúrgica altamente diferenciada, realizar a avaliação e tratamento dos casos clínicos remetidos pela Junta Nacional de Saúde e Junta Médica Militar, promover cursos de formação graduada, pós-graduada e contínua, investigação médica e biomédica, protocolos de cooperação com instituições no domínio assistencial, de assistência técnica".

"Sempre que necessário, a nova unidade hospitalar deve, segundo o estabelecido no decreto que aprova o estatuto orgânico, "estabelecer parcerias na gestão com parceiros nacionais ou estrangeiros, buscando a optimização de recursos e alta rentabilidade, liderança do mercado da saúde nacional e elevado nível de exploração da capacidade tecnológica instalada, exercer as demais atribuições estabelecidas por lei ou determinadas superiormente".

Com mais de 30 mil m2, o complexo hospitalar está situado no Morro Bento, em Luanda, junto ao Condomínio do GEPA e foi orçamentado em 128,1 milhões de dólares.

Fonte: Angola 24 Horas

REAÇÕES

COMENTÁRIOS