Imogestin desmente candidaturas antecipadas nas centralidades
A Imogestin, responsável pela venda de casas nas centralidades em Angola, desmentiu nesta terça-feira, que tenha admitido processos antecipados para a compra de moradias, nas centralidades do Zango 0 e Zango 5.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A posição vem na sequência de uma denúncia pública à Procuradoria Geral da República, supostamente de autoria de trabalhadores da Imogestin, dando conta da existência de candidatos que entregaram processos antes da abertura do processo.

O começo das inscrições para aquisição de casas nas centralidades do Zango 0 e Zango 5 está previsto para o dia 15 de Janeiro.

Segundo a Imogestin, tal como foi definido pela autoridade competente, as candidaturas serão feitas através do portal www.candidaturas.co.ao, o qual atribuirá automaticamente e sem qualquer intervenção humana um numero de candidatura sequencial.

Esse número, explica a empresa em nota de esclarecimento, permitirá aos candidatos tomar conhecimento da sua situação, face à quantidade de habitações disponíveis, podendo, desta forma, contestar qualquer irregularidade.

A direcção da Imogestin, avançou que o referido portal é seguro e está sujeito à auditoria, se assim as autoridades competentes o decidirem.

A centralidade do Zango 5, inaugurada oficialmente a 19 de Dezembro de 2019, pelo Presidente da República, João Lourenço, é um projecto habitacional com sete mil e 964, entre vivendas e apartamentos, já o Zango 0 conta com dois mil e 464 moradias.

Fonte: Angola 24 Horas

REAÇÕES

COMENTÁRIOS