Idoso morre à porta do hospital por falta de cama


Ficou durante uma hora à espera na porta do hospital sem receber assistência médica.

Um homem de 87 anos morreu ontem, terça-feira, à porta do hospital de Torres Vedras, em Portugal, sem assistência médica. Segundo a SIC, estava há mais de uma hora dentro de uma ambulância à espera de ser atendido, porque o hospital estava sobrelotado.

A vítima residia num lar, tinha histórico de problemas cardíacos e pulmonares, teve perda de sangue e sinais de desidratação. Com a alegada falta de espaço no hospital, sobrelotado por doentes com covid-19, teve de aguardar dentro da ambulância.

Os bombeiros ainda tentaram encaminhar o doente para outro hospital, mas não foram autorizados pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU).

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
2
   
0
   
0
   
0
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK