Governo revê programação com preço médio de 100 dólares para o barril de petróleo


O Governo angolano reviu a programação macroeconómica executiva para 2022 adotando um preço médio por barril de 100 dólares e mantendo a taxa de inflação nos 18% e a previsão de crescimento da economia nos 2,7%.

A revisão foi hoje analisada na primeira reunião do Conselho de Ministros após as eleições de 24 de agosto tendo em conta o desempenho das variáveis macroeconómicas até ao II trimestre do ano em curso.

Segundo um comunicado do Conselho de Ministros na base desta revisão estão a consolidação da atividade económica, aumento das reservas internacionais, estabilidade no mercado cambial, `superavit` das contas fiscais e do setor externo, manutenção da trajetória de redução do nível geral de preços, melhoria do rácio "serviço da dívida/receitas fiscais" e a expansão da base monetária total.

O OGE 2022 tem um preço de referência de 59 dólares por barril.

O executivo reiterou também a necessidade de continuar as ações que visam aumentar a produção interna dos produtos essenciais de amplo consumo e a redução da taxa de desemprego.

O Governo angolano admite também reforçar a linha de financiamento do Projeto de Apoio ao Crédito (PAC) em mais 20 mil milhões de kwanzas (46,8 milhões de euros) até ao final do ano face à enorme procura de financiamento sobre dos setores da indústria transformadora, turismo, têxteis e resíduos sólidos.

Inicialmente tinham sido disponibilizados para esta linha 41 mil milhões de kwanzas (95,9 milhões de euros) para financiar cerca de mil unidades produtivas (700 empresas e 300 cooperativas).

Até 31 de agosto, o PAC aprovou 1.531 projetos, dos quais 1.329 são empresas e 202 cooperativas.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários