Governo garante cestas básicas aos professores


Associação Nacional dos Professores do Ensino Privado (ANPEP), coordenado por Carlos Conceição Jorge, dá conta que o governo poderá distribuir nos próximos dias cestas básicas para os professores do ensino privado.

A informação foi avançada pelo coordenador da organização, admitindo que as negociações que estão a ser feitas com o Executivo angolano, que visam encontrar soluções para minimizar as dificuldades que os professores poderão estar resolvidas dentro de trinta dias.

“Se aguentamos 5 ou 4 meses, não custa nada aguardarmos 20 ou 30 dias para resolução das dificuldades que os professores enfrentam com a suspensão das aulas”, afirmou tranquilizando os professores, que as negociações com o governo estão a 70 por cento.

 “Garantia de cesta básica até ao final da normalização da pandemia”, disse.

De acordo ao responsável caso houver morosidade no processo, o caso será levado  aos órgãos de soberania, ao gabinete do vice-presidente da República, Bornito de Sousa, e os deputados da sexta comissão da Assembleia Nacional.

“Se não for resolvido, vamos acusar as instituições de direito, nomeadamente, o gabinete da vice-presidência da República e aos deputados da sexta comissão da Assembleia Nacional, para junto destas instituições podermos ver como deverá se resolver essa questão”, prometeu.

Carlos é de opinião que o governo deve por outro lado criar uma linha de crédito para evitar custos pesados ao Estado e incentivar os professores a terem espírito de empreendedor para atenderem as suas necessidades.

“Caso a situação alongar-se até ao final do ano, para evitar custos pesados ao Estado, é necessário que o Executivo, abra uma linha de crédito aos professores para tomarem outras iniciativas, enquanto decorre o período da suspensão de aulas”, disse e acrescentou.

“Iríamos incentivar os professores a partirem, então, para o empreendedorismo, para conseguirem salvaguardar a sua própria subsistência até que a situação venha se normalizar", disse.

A Associação Nacional dos Professores do Ensino Privado (ANPEP) é uma Comissão Instaladora em fase de legalização, criada em Dezembro de 2019, formalizada dia 24 de Março de 2020, onde foi constituída a comissão instaladora, com objectivo de defender os interesses e garantia dos professores do ensino particular, no subsistema do ensino geral.

Fonte: C.K

REAÇÕES

2
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK