Governo encerrou fábrica que podia empregar 800 pessoas este ano


A fábrica de detergente Nice South Atlantic encerrada pelo ministério do Comércio e Indústria (MINCO), empregaria até o fim deste ano 800 pessoas, a maioria jovem.

A direcção da fábrica, localizada na Zona Económica Especial, encerrada no dia 17 de Julho, pelos inspectores do MINCO, por alegadamente operar com licença provisória, contraria as informações divulgadas pelos órgãos de comunicação social. Na edição de segunda-feira, 27, do jornal Valor Económico, esclarece não ter operado com cariz comercial e, sim, com objectivo de testar as máquinas.

Faz saber que, está à espera há quase um ano da licença ambiental emitida pelo ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, no sentido de o MINCO passar a licença definitiva. Outrossim, não conseguiu renovar a licença provisória por causa das restrições impostas pelo Estado de Emergência, prorrogado por duas vezes.

O encerramento, refere a fonte, fez com que os primeiros 53 funcionários que asseguravam o teste das máquinas fossem para casa. A direcção revelou a abertura da fábrica prevista para o mês de Agosto podia empregar 600 pessoas e até o fim do ano 800.

A empresa Nice South Atlantic, revelou, por outro lado, está construir outras quatro fábricas, pretendia fazer o mesmo noutras províncias, porém, está desmotivada perante “os obstáculos que são criados pelo próprio Governo.”

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK