Gestores escolares transformam salas de aulas em galinheiro


Vários gestores de estabelecimentos de ensino particular no centro do Quénia, na cidade de Wanguru, estão a transformar as salas de aula num galinheiro, face as dificuldades vividos durante a pandemia do Coronavírus.


Esta foi uma das formas que os estabelecimentos de ensino particular no Quénia encontraram para rentabilizar os espaços, ganhando dinheiro para compensar as taxas escolares entretanto perdidas devido à interrupção das aulas.

A pandemia do novo coronavírus já causou a morte de mais de 980 mil pessoas e infectou mais de 30 milhões em todo o mundo desde Dezembro,segundo um balanço da agência AFP baseado em dados oficiais.

Fonte: MSN

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK