Generais Dino e Kopelipa prometem a JLO entregar todos os bens -  Mil milhões na mesa


Os dois braços direitos de José Eduardo dos Santos renderam-se a João Lourenço. Numa carta enviada ao presidente prometem devolver mil milhões tirados indevidamente ao erário público.

Numa carta enviada na passada quinta-feira, a João Lourenço, o general Kopelipa, antigo chefe da Casa Militar da Presidência, manifesta a vontade de entregar ao Estado todo património erguido com fundos públicos. Isso depois de ter entregue a barragem das Mabubas, Média Nova e Dumer, a maior gráfica do país.

Segundo cita o Expresso, o general Dino, ex-consultor para as comunicações de JES, acusado de crime de falsificação e burla, “deverá liderar o processo de cedência de 40% do seu grupo na Biocom — empreendimento agroindustrial de produção e de transformação da cana em açúcar, etanol e energia, erguido com uma garantia soberana do Estado de 200 milhões de dólares e detido igualmente pela Sonangol, 20%, e a Odebrecht, 40%.”

Os generais vão entregar ainda a rede de hipermercado Kero. Os activos todos estão estimados em mil milhões, alguns têm ligações também com Manuel Vicente, antigo vice-PR.

Dino e Kopelipa serão ouvidos na terça-feira, 13, pela PGR.

REAÇÕES

2
   
1
   
0
   
0
   
2
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK