Funeral de Inocêncio de Matos adiado por razões desconhecidas


Familiares de Inocêncio de Matos, o jovem estudante morto na manifestação de 11 de Novembro, adiaram a data do funeral sem explicar os motivos que estiveram na base da tal decisão.

O funeral estava marcado para esta segunda-feira, 16.

Paula Matos, irmã do malogrado, em entrevista concedida ao NJ, garantiu que a família já conhece os resultados da autópsia, porém disse por outro lado não poder avançar as causas da morte, por considerar inoportuno o momento.

 "O funeral já não será hoje por razões que não podemos avançar", disse Paula de Matos, lamentando o facto.

"Não podemos explicar nem adiantar mais nada, apenas lhe posso dizer que o funeral terá lugar em data a anunciar noutra altura", acrescentou.

Inocêncio de Matos, de 26 anos, estudante de engenharia informática na Universidade Agostinho Neto, em Luanda, morreu na tarde de 11 de Novembro, durante a manifestação marcada pela sociedade civil para protestar contra o desemprego, o aumento do custo de vida e, entre outras razões, para exigir a realização das eleições autárquicas.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
2
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK