Funcionários do Ministério da Energia e Águas apanhados a garimpar em troca de 3 milhões


Os três estão presos, faziam furo de água ilegal em troca de 3 milhões de kwanzas.

Três funcionários do Ministério da Energia e Águas foram detidos no município de Belas, em Luanda, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por alegado crime de peculato e descaminho de bens públicos.

Uma fonte afecta ao SIC disse hoje, sexta-feira, que os homens foram detidos em flagrante delito na quarta-feira, quando efectuavam furos artesianos para a captação de água subterranea em troca de três milhões de kwanzas.

Os funcionários movimentaram uma sonda da Direcção Nacional de Águas, supostamente para a realização de um furo com a intenção de obter água destinada a actividade agricola de uma associação de camponeses.

Os homens - o chefe da área técnica de furos do Ministério da Energia e Águas e dois outros funcionários - foram detidos por uma equipa composta por agentes do SIC, da Inspencção Geral da Administração do Estado (IGAE) e do Comando-Geral da Polícia Nacional.

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
2
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK