Falta de dinheiro deixa obras paralisadas há seis anos


As obras de construção da nova Cadeia de Ondjiva, na província do Cunene, com capacidade para albergar 500 reclusos, estão paralisadas há seis anos por falta de dinheiro.

Iniciadas em 2014 numa área de oito hectares, as obras atingiram apenas 70 de execução física do imóvel prisional, consubstanciadas em alvenaria, pavimentação e cobertura.

Enquanto se aguarda pelo empreendimento, tanto os réus condenados assim como os em prisão preventiva, são internados na cadeia de Peu Peu, com capacidade para mil e 432 pessoas, localizado no município de Ombadja.

O director - geral do Serviço Penitenciário, Jorge Mendonça, visitou as obras e prometeu que o Ministério do Interior, que tutela a instituição, está a trabalhar no sentido de encontrar uma rápida solução financeira para acabar o imóvel.

Numa onde se regista superlotação em quase todas cadeias do país, é importa encontrar uma solução imediata para esta situação.   

Fonte: Angop | Fotos: Arquivos

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK