Executivo prepara 50 mil milhões de kwanzas para dar suporte as eleições gerais
O presidente do executivo angolano, José Eduardo dos Santos, autorizou um crédito adicional ao Orçamento Geral do Estado para 2017, no valor de 50 mil milhões de kwanzas, para o pagamento das "despesas do processo eleitoral".
Arquivo

Segundo fontes ligadas a Lusa, a autorização do Chefe de Estado angolano, na forma de decreto presidencial assinado este mês, o crédito adicional será destinado à Comissão Nacional Eleitoral, para "suporte das despesas relacionadas com a preparação" das eleições gerais, previstas para Agosto próximo.

Estimava-se que pelo menos 35 mil milhões de kwanzas, seriam retirados para a cobertura das eleições gerais de 2017, mas o Ministro das Finanças, Archer Mangueira, garantiu que esta medida será acautelada.

"Não sendo suficiente, além do OGE, as regras de execução do Orçamento dão a possibilidade de utilização de outras reservas para cobrir o défice que se registar", afirmou Archer Mangueira.

REAÇÕES

1
   
2
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   
1
   

Comentários