Estado vai gastar 11 milhões dólares em segurança Cibernética


A afirmação é do director-geral do Instituto Nacional de Fomento da Sociedade de Informação (INFOSI), Meick Afonso, que afirma que o Estado angolano poderá gastar USD 11 milhões por ano em cibersegurança, com a implementação de sistemas e o centro de resposta a incidentes informáticos.

Meick Afonso que falava durante conferências, realizada pelo Banco Nacional de Angola (BNA), com o tema “Segurança Cibernética para o Sistema Financeiro Angolano”, no auditório Saydi Mingas do Museu da Moeda, em Luanda. 

A conferência que visa reunir técnicos do sistema financeiro e peritos da área das tecnologias de informação, com o objectivo de partilhar experiências e obter contributos sobre os aspectos legais, técnicos e tecnológicos associados à cibersegurança, bem como sobre o seu impacto no sistema financeiro nacional.

Segurança Cibernética é um conjunto de tecnologias, processos e práticas projetados para proteger redes, computadores, sistemas e dados de ataques, danos ou acesso não autorizado. Também conhecida como Segurança de TI.

Um dos dados recentes sobre a segurança Cibernética, aconteceu no mês de Junho, quando Angola-Online, informou sobre a invasão nas infra-estruturas de Tecnologias de Informação (TI) da Sonangol. 

Fonte: Angop

REAÇÕES

0
   
0
   
2
   
1
   
3
   
1
   
0
   
0
   

Comentários