Enfermeiro mata paciente ao aplicar injecção expirada


Aconteceu em Luanda, bairro Titanic.

A polícia anunciou esta segunda-feira a detenção de um homem de 47 anos, suspeito de ter administrado uma injeção intramuscular com uma substância fora de prazo, que terá provocado a morte de uma pessoa.

Segundo informações da polícia, o homem foi detido no bairro Titanic, município do Kilamba Kiaxi, e é suspeito de um crime de homicídio qualificado por exercício de função ilegal.

Os factos ocorreram quando a vítima se sentiu mal, depois de ter praticado exercícios físicos, e procurou o suposto enfermeiro que terá aplicado uma injeção intramuscular já fora do prazo de validade, fragilizando "ainda mais o seu estado de saúde".

O suspeito pediu então às filhas da vítima para se deslocarem a farmácia mais próxima, para adquirirem uma segunda ampola, aproveitando a ausência dos familiares para se pôr em fuga, enquanto a vítima acabou por perder a vida.

REAÇÕES

0
   
1
   
0
   
1
   
1
   
0
   
1
   
1
   

Comentários