Doentes recuperados da covid-19 estão a ficar careca


Especialistas descobriram que maior parte dos pacientes recuperados da covid-19 estão a perder o cabelo, com destaque para os homens.

Após vários relatos de pacientes recuperados sofrerem queda de cabelo, os especialistas do Belgravia Centre, em Londres, realizaram uma pesquisa e descobriram trata-se de um eflúvio telógeno. Ou seja, uma perda de cabelo aumentada e difusa, temporária, que normalmente ocorre após um evento traumático, stress ou choque, que alteram o relógio biológico dos folículos capilares.

O estudo que teve duração de seis semanas apurou que “mais de dois terços dos sobreviventes da covid-19 do sexo masculino apresentavam queda de cabelo (64%) , enquanto as mulheres que venceram o novo coronavírus apresentavam sintomas de queda de cabelo em mais de um terço dos casos (38%).”

Segundo o responsável pelo departamento de Tricologia do Belgravia Centre, Rali Bozhinova, "o pico de diagnósticos de novos casos de queda de cabelo após recuperaçãoo da Covid-19 vem mostrar o impacto do stress que o vírus causa no organismo, causando não apenas eflúvio telógeno temporário, mas também outras doenças capilares associadas que podem ter efeitos a longo prazo se não forem tratadas."

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK