Disco de homenagem aos “15+2” é apreendido
A Administração Geral Tributária (AGT), órgão ligado ao Ministério das Finanças, confiscou mais de 800 discos de homenagem aos activistas do conhecido processo “15+2”.

A denúncia foi feita pelo director artístico do álbum, Harvey Madiba, que diz que as autoridades consideraram que a colectânea contém mensagens subversivas, relatou AO24.

AO24, garante ainda que os discos provenientes de Portugal foram apreendidos pelas autoridades, ligadas à Delegação Aduaneira da Alfândega no Terminal de Cargas, liderado por Anlide Lufuangula. Que lhes deu a conhecer que a mercadoria estava a ser apreendida, por conter conteúdo subversivo que representa riscos para o Estado angolano.

Por seu turno, Madiba, produtor do disco, promete que o caso não fica por aqui e afirma não desistirá até recuperar os CDs apreendidos, caso as autoridades se recusem a devolver os discos, irão disponibilizar a obra via internet.

Lembrar que o álbum que tem como título “15+duas+nós” estava a ser preparado já há alguns meses, e conta com a colaboração e participação de vários artistas angolanos, moçambicanos, portugueses e brasileiros, com destaque para os músicos, MCK e Mona Dya.

REAÇÕES

0
   
3
   
2
   
4
   
1
   
3
   
0
   
2
   

Comentários