Dinheiro transferido ilegalmente regressará aos cofres da Angola


Dentro de dias os 500 milhões de dólares transferidos ilegalmente para o banco Credit Suisse de Londres, pelo ex-presidente do Banco Nacional de Angola, Walter Filipe da Silva, estarão nos cofres do Estado angolano.

A informação foi avançada ontem, segunda-feira, pela a Agência Nacional Britânica contra o crime. 

De acordo com a fonte da Agência Nacional Britânica, “a autoridade necessária foi concedida para que a verba seja devolvida às autoridades angolanas”.

Informação confirmada pelo Procurador-Geral adjunto e coordenador da Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP), João Luís de Freitas Coelho, avançando só foi possível depois de conversações entre o Ministério das Finanças, BNA e as autoridades inglesas.

A investigação da PGR para divulgar os comparsas do ex-governador do BNA, Walter Filipe da Silva, na transferência ilegal continua.

REAÇÕES

19
   
0
   
5
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK