Detido polícia que matou o colega com sete tiros


A Polícia Nacional deteve Bernardo Kicuca, de 55 anos, primeiro subchefe da Polícia de Guarda Fronteira, acusado de matar o agente Alcides Simão Pascoal, de 25 anos, com sete disparos de arma de fogo.

A Angola-Online sabe que fontes do Serviço de Investigação Criminal (SIC), garantem que o primeiro subchefe já se encontra detido no Comando da Divisão de Cacuaco, e que, durante o interrogatório, este alegou que não tencionou matar o colega.

"Ele disse-nos que teve um desentendimento com o agente e que quando entraram na caserna colocou a arma numa mesa, e que a pistola teria caído e disparado em direcção ao colega.", contou a fonte ao NJ.

Fonte: NJ

REAÇÕES

0
   
5
   
0
   
3
   
3
   
3
   
2
   
3
   


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK