Deputados vão discutir amanhã makas da Igreja Universal


Amanhã o dia na Assembleia Nacional é de discussão em torno do caso Igreja Universal do Reino de Deus.

Os deputados amanhã ficarão a saber sobre o ponto de situação do conflito existente na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), onde a ala angolana acusa a brasileira de “violação de direitos humanos, racismo e evasão fiscal.”

Segundo o deputado Alexandre Sebastião André, o “Estado tem de lançar mão à igreja para pôr ordem” e os órgãos de justiça sancionar “àqueles que praticaram crimes.” O deputado pela CASA-CE afasta uma resolução política por constituir “uma interferência do Estado nas questões internas das igrejas.”

Em resultado do conflito existente na IURD Angola, numa carta enviada ao seu homologo angolano, João Lourenço, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, pede protecção dos membros brasileiros envolvidos no conflito bem como os bens materiais da igreja liderada por Edir Macedo. Igualmente, um grupo de senadores brasileiros manifestou vontade de se deslocar a Angola, apesar do espaço aéreo estar encerrado devido à covid, no sentido de constatar de perto a evolução do caso já entregue à Procuradoria Geral da República (PGR).

REAÇÕES

0
   
1
   
0
   
0
   
1
   
1
   
0
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK