Deputados da Unita retidos na entrada de Kafunfo ficam 5 dias sem comer


Presidente da Assembleia Nacional, Fernando Dias, demarca-se da situação. Polícia impede entrega de alimentação aos representantes do povo.

Os deputados da Unita retidos na entrada de Kafunfo, onde pretendem realizar um inquérito no sentido de esclarecer a morte de manifestantes estão há cinco dias sem comer. Segundo a direcção do Galo Negro, os agentes da polícia impedem de entregar alimentação aos deputados.

Se nãofor permitido a entrega de alimentos, os deputados na oposição ameaçam greve de fome.

Numa nota de imprensa tornada pública ontem, o presidente da Assembleia Nacional demarca-se da intenção dos deputados e impedimentos que estes estão a ter, esclarece foram a Lunda Norte sem a sua autorização. Diz ainda que o inquérito sempre é feito por deputados de todas forças políticas.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK