Cubanos ocupam lugar de médicos angolanos em greve


A denúncia é do sindicato dos Médicos que organiza vigília em todo país amanhã.

O ministério da Saúde está a colocar médicos cubanos e das Forças Armadas Angolanas no lugar dos grevistas.

A denúncia é do médico Pedro da Rosa que condena o acto, anuncia realização de uma vigília em todos os hospitais do país a partir de quarta-feira, amanhã.

REAÇÕES

2
   
0
   
0
   
2
   
1
   
1
   
1
   
1
   

Comentários