Crianças alimentam-se de comidas dos contentores de lixo


Várias crianças com idades compreendidas dos 7 aos 13 anos reviram o lixo dos contentores localizados na vila de Viana, em Luanda, em busca de alimentos para a sua sobrevivência.

Segundo informações postas a circular nas redes sociais, os menores vagueiam com vestes rasgadas pedindo comida nas principais ruas da Vila de Viana, quando não são atendidos recorrem aos contentores de lixo em busca do farnel. 

“A minha mãe e meu pai não trabalham e, neste momento, estão muito mal. A minha mãe vendia na rua, mas perdeu tudo que tinha, por isso, que procuramos comida, latas, bidons e coisas para vender”, diz o menino Leão,  “Paizinho”, de 13 anos, entrevistado ao portal CK. 

"Depois que encontramos, dividimos para comermos, e o que sobrar levamos para as nossas casas”, concluiu. 

Angola online sabe que nos últimos tempos várias crianças para sobreviverem são obrigados a recorrem às várias práticas que vão desde a venda de resíduos sólidos, recolhidos nas lixeiras de quase todo território nacional, à procura de moedas com altifalantes de rádios na via pública. 

Fonte: C. kianda

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
2
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK