Corrupção na loja de Registo da Gamek deixa cidadãos nervosos


Os cidadãos que afluem a loja de Registo da Gamek, no Distrito Urbano da Maianga, em Luanda, estão chateados pela onda de corrupção existente naquela instituição pública. Os funcionários desta instituição cobram mil kwanzas para aquisição dos lugares e consequentemente dos seus documentos

Os cidadãos são obrigados a passar noite na loja de registo, para adquirir um lugar na lista que vai de 0 à 50 pessoas inscritas, números estes que são determinados pelos funcionários. 

Insatisfeitos, os cidadãos disseram à ANGOLA-ONLINE, que estão com a paciência esgotada e pediram a rápida intervenção dos órgãos competentes, a fim de resolver esta situação que se arrasta há quase dois meses. 

"Eu estou aqui desde ontem, até agora não fazem nada porque não lhes dei gasosa (dinheiro). Eles estão a cobrar-nos 1000 kz para pôr o nosso nome na lista... Isso já é demais, já estamos cansados com isso e por esse motivo, pedimos ao senhor administrador para fazer qualquer coisa", disse com os ânimos exaltados Domingos Kassule. 

A demora na entrega do Bilhete de Identidade, é um outro problema que aflige os utentes desta instituição. Segundo Mário Rosa, já há mais de três meses que tratou o BI, e até ao momento não lhe foi entregue.

‘’Eu até já não sei onde vou reclamar, tratei o bilhete de identidade há três meses, até agora não entregaram-me. Vou para lá frequentemente e a resposta sempre é vem noutra semana’’, contou.

A nossa equipa tentou conversar com o director da loja dos registos, e não teve sucesso. 

Repórter: Pedro Nvakata

REAÇÕES

0
   
1
   
1
   
0
   
3
   
0
   
2
   
1
   

Comentários