Cientista chinesa diz covid foi criada num laboratório militar da China


Yan Li-Meng revela o mercado de Wuhan foi utilizado como distracção pelas autoridades chinesas para ocultar a origem enquanto o vírus se espalhava pelo mundo.

Os contornos à volta da origem do novo coronavírus continuam na ordem do dia, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) começa a investigar a origem na cidade de Wuhan, local onde se registou os primeiros casos que afectam a humanidade.

Mais uma vez, a virologista chinesa Yan Li-Meng,  exilada nos Estados Unidos, revela o vírus terá sido criado no laboratório do Exército de Libertação Popular, do Partido Comunista Chinês. Tendo sido a localidade de Wuhan usada como distracção enquanto se espalhava para outros pontos mundo o vírus altamente mortífero.

“Eu sabia que, assim que falasse, poderia desaparecer a qualquer altura, tal como os manifestantes de Hong Kong. Podia desaparecer a qualquer momento. Até o meu nome deixaria de existir”, disse em entrevista à agência Lude Press.

A cientista da Universidade de Saúde Pública de Hong Kong  conta de ter relatado a origem do vírus aos seus superiores, mas, estes mandaram-lhe calar. Diante da dramática situação foi obrigada a fugir da China para os Estados Unidos com medo de sofrer retaliações em resultado da divulgação das informações sobre a origem do novo coronavírus, o SARS-CoV-2, que mudou e pôs o mundo de luto. 

REAÇÕES

1
   
1
   
0
   
16
   
2
   
3
   
4
   
8
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK