Cidadão detido após violar a filha de 14 anos
O cidadão de 45 anos de idade, foi detido neste domingo pela polícia, acusado de ter violado sexualmente uma menor, sua filha de 14 anos de idade, no interior de uma residência, na província do Huambo.

Publicidade

Publicidade

O crime de estupro, por sedução, segundo uma nota de imprensa do Comando da Polícia Nacional na província do Huambo, deu-se por volta das 14h00 de domingo, no interior de uma residência no bairro da Santa Iria, arredores da cidade do Huambo.

Em breves declarações a respeito do assunto, o delegado da Justiça e dos Direitos Humanos na província do Huambo, Ernesto Estêvão Pedro, lamentou o facto, suspeitado tratar-se do resultado da desestruturação familiar ou do consumo de bebidas alcoólicas e drogas, por parte do pai da vítima.

Por sua vez, a directora da Acção Social, Família e Igualdade de Género, Maria de Fátima Cawewe, disse que têm sido já recorrentes casos do género, sobretudo, nos últimos anos, o que exige, por este facto, maior responsabilização dos actores, com o agravamento das penas, tendo em conta os traumas que causa, tanto para a vítima, como para família ou sociedade, de forma geral.

“Não é normal que um pai viole sexualmente a própria filha. Acredito que esse caso tem a ver com o uso de drogas, bebidas alcoólicas ou então de alguns aspectos culturais”, salientou a responsável que condenou o acto.

Ainda segundo a nota, durante o fim-de-semana, a polícia deteve um jovem de 20 anos, acusado de ter morto cinco pessoas e ferido outras três, com arma branca do tipo machado, no sector de Kangombe, aldeia de Betel, município da Chicala-Cholohanga, por razões ainda por esclarecer.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS