Cidadã vive em residência sem tecto com crianças após ser vandalizada


Uma cidadã de nome Avózinha, vive em sua residência sem o tecto com três crianças, em Luanda, , proveniente do Huambo, e está supostamente com perturbações mentais, após ter sido vandalizada por marginais, no Kapalanga 24 horas.

Por: Armando Maquengo

De acordo com o 1º coordenadores da Comissão dos Moradores, do bairro no município de Viana, José Mateus João, a cidadã está traumatizada e não fala, há já duas semanas e neste momento, esforços estão a ser feitos para localizar os familiares desta, residentes no Huambo.

Segundo José Mateus, que falava para Angola-Online.net, os moradores em colaboração com a Comissão, colocaram apenas algumas chapas em um dos quartos, onde a cidadã dorme sem a porta, após esta e as crianças terem permanecido debaixo da última chuva lá registada.

Mana Avó como é também conhecida, é filha de dona Eva, separada do marido, mãe de duas meninas e um rapaz, este aparentemente com anemia e infecções na pele, encontrou a sua residência vandalizada por marginais, que levaram consigo as chapas, ferros, janelas e portas, facto que terá contribuído para o distúrbio.

Aquele responsável, fez saber à Angola-Online.net, que o bairro enfrenta inúmeras dificuldades em termos sociais, referindo-se da falta de água potável, escolas públicas, postos policiais, hospitais e estradas, para além do índice elevado de criminalidade e ravinas.

Aproveitando a ocasião, apelou a sociedade em geral no sentido de apoiar a família em questão e solicitou à Administração Municipal de Viana, a que se lhes sejam atendidas as suas preocupações, lembrando que os moradores não cessam de importunar por boas condições de vida e policiamento na área.

Por: Redacção

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK