Chuva deixa mais de 200 famílias desalojadas


Duzentas e Cinquenta famílias foram desalojadas no Distrito Urbano do Benfica, em consequência da chuva intensa registada ontem, sábado, na cidade de Luanda, além de casas inundadas e ruas alagadas, dificultando a circulação de pessoas e veículos automóveis.

De acordo com o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), o balanço provisório aponta como municípios críticos Kilamba Kiaxi, Cazenga, Viana, Talatona, Cacuaco e Belas, onde se notou aumento das bacias de retenção das ruas.

Numa ronda feita pela Angop, sob alerta também estão os moradores do distrito urbano da Maianga e no município do Cazenga, devido à inundação de casas e ruas alagadas, cenário quase similar por grande parte da zona periférica.

O município de Belas, sobretudo na zona das salinas, apresenta-se crítico, igualmente com ruas alagadas, além da destruição de uma casa em Talatona e o resgate de seis membros de uma família no interior de uma residência no distrito urbano do Benfica.

Apesar do cenário vivido durante e depois da chuva, as autoridades consideram “ situação temporária”, pois com o seu abrandamento tudo vai voltar à normalidade nas referidas zonas.

O porta-voz do SPCB,  Faustino Minguês, disse que houve redução em relação aos anos anteriores, em face dos trabalhos feitos pelas comissões municipais, no perfilamento das bacias de retenção das águas, o desassoreamento das manilhas e das linhas de passagem e zonas desobstruídas para permitir o escoamento das águas.

“Isso é que tem vindo a mitigar o impacto das chuvas em Luanda”, explicou, numa altura em que o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica descreve as condições actuais de aguaceiros com trovoada e precipitação na última hora a rondar 0,3 milímetro, ventos de 9km/h.

De acordo com a meteorologia, há previsão de chuva para a região de Luanda e arredores, podendo o céu apresentar-se nublado,  alternando com períodos de céu muito nublado, assim como pode ainda ocorrer chuvisco ou chuva fraca.

Fonte: Angop

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK