CASA-CE formaliza candidatura junto do Tribunal Constitucional, depois do MPLA


Manuel Fernandes e Alexandre Sebastião Andrade encabeçam a lista de candidatos a deputados.

Sikonda Alexandre Lulendo, vice-presidente da Casa-CE e coordenador geral da campanha, disse à imprensa que a sua formação política entregou ao TC 21 mil assinaturas e que na próxima semana a coligação irá apresentar ao público o seu programa de governação.

O processo de candidatura foi apresentado pelo mandatário da coligação, Carlos Jacinto, que se fez acompanhar por vários membros da direcção da coligação.

Na lista dos futuros deputados consta o nome de André Mendes de Carvalho "Miau", antigo presidente da organização e que não faz parte de qualquer partido político da coligação.

"O mais velho André Mendes de Carvalho já foi nosso líder. A CASA-CE não pode esquecer essa figura importante da nossa organização", disse ao Novo Jornal o director da campanha da CASA-CE.

O também deputado à Assembleia Nacional referiu que a CASA-CE não teve dificuldades para elaborar a lista dos deputados, já que os cinco vice-presidentes são os primeiros na lista.

A CASA-CE foi fundada em 2012 e é uma coligação de cinco partidos políticos - Partido Pacífico Angolano (PPA), Partido Apoio para Democracia e Desenvolvimento de Angola - Aliança Patriótica (PADDA-AP), Partido Aliança Livre de Maioria Angolana (PALMA), Partido Nacional de Salvação de Angola (PNSA) e Partido Democrático Popular de Aliança Nacional de Angola (PDP-ANA).

REAÇÕES

0
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários