BNA fecha Banco Prestígio ligado a Tchizé dos Santos e a mãe
O Banco Nacional de Angola (BNA)  revogou a licença do Banco Prestígio fundamentando com a “reiterada violação de requisitos prudenciais, nomeadamente, manutenção dos fundos próprios regulamentares e rácios de fundos próprios abaixo do mínimo legal”.

O banco Prestígio tem ligações a Tchizé dos Santos.  

O BNA alega ainda para justificar a decisão uma  “ineficácia na implementação das medidas de intervenção correctiva”.

 Na página da Internet, o regulador dá também a conhecer a indisponibilidade accionista e a “inexistência de soluções credíveis para a recapitalização do banco Prestígio”.

O banco central informa que com a decisão de revogação da licença do Banco Prestígio ficam salvaguardados os interesses dos depositantes, no âmbito do sistema de garantia de depósitos.

Foi ainda imposta pelo BNA a aplicação de medidas de Intervenção Correctiva ao Banco de Comércio e Indústria (BCI) por “insuficiência de fundos próprios regulamentares e rácio de fundos próprios abaixo do mínimo regulamentar”. O BCI deve apresentar ao BNA, em 30 dias, um plano de recapitalização e reestruturação.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários