Augusto Tomás denúncia torturas na cadeia


Augusto Tomás, antigo ministro dos Transportes, está a ser alvo de tortura psicológica, por parte dos agentes prisionais do Hospital-Prisão do São Paulo, Luanda.

A denúncia foi este sábado, 25, publicado pelo JN, dando conta que o Augusto Tomás tem sido revistado pelos agentes prisionais a todo momento, até mesmo quando se prepara para dormir.

"Têm ocorrido muitas violações dos direitos humanos contra o ex-ministro, tais como acordá-lo à noite para ser revistado, como se fosse um criminoso", dissertou uma das fontes contactadas pela fonte.

A fonte da Angola-Online, avança que o responsável dos serviços prisionais, Menezes Cassoma, nega categoricamente tal denúncia, garantindo que o ex-dirigente recebe os mesmos tratamentos que os demais reclusos.

Sabe-se que Augusto Tomás, cumpre uma pena de 14 anos de prisão, por prática de peculato, branqueamento de capitais, associação criminosa e artifícios fraudulentos.

Fonte: NJ

REAÇÕES

3
   
1
   
0
   
1
   
0
   
1
   
0
   
2
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK