Antigo Primeiro-ministro é morto a tiro na campanha eleitoral no Japão
Ex-primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, de 67 anos, foi baleado enquanto fazia um discurso, na cidade de Nara, no oeste do país, segundo a TV estatal japonesa NHK. A princípio, pensou-se que Abe havia apenas desmaiado, mas testemunhas relataram ter ouvido tiros pouco antes de ele cair no chão.

Um suspeito, identificado pela polícia como Tetsuya Yamagami, morador de Nara, de 41 anos, foi detido. Ele é um ex-integrante da Marinha do Japão, onde serviu por três anos, até 2005. A suposta arma do crime - uma espingarda caseira - foi recuperada. Ainda não foi divulgada a motivação para o crime.

Abe fazia um discurso de campanha para a eleição de um candidato do Partido Liberal Democrático. Ele foi levado de helicóptero para o Hospital Universitário de Nara, em "estado de parada cardiorrespiratória". Bombeiros da equipe de resgate disseram, ainda no local do incidente, que Abe não apresentava sinais vitais. De acordo com o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, o estado de saúde de Abe é crítico.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários