Anciã do acidente de Benguela morre no hospital


Uma anciã de 64 anos de idade, que integrava a comitiva do cortejo fúnebre que Angola-Online noticiou, ocorrido na última terça-feira no município da Catumbela, morreu por não ter resistido aos ferimentos graves provocados por acidente de viação que culminou na morte de outras quatro pessoas.

De acordo com a fonte da Angola-Online, a quinta vítima, que se encontrava a receber tratamento médico, faleceu neste fim-de-semana na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Hospital Geral de Benguela.

O acidente, envolvendo uma viatura que transportava a urna durante um funeral, fez três mortos no local e uma quarta vítima, um bebé de oito meses que não resistiu aos ferimentos, perecendo já no Hospital Municipal de Benguela.

Fonte hospitalar confirmou a informação dada por um familiar, tratando-se de uma mulher de 64 anos de idade, que estava internada nos cuidados intensivos com politraumatismo com contusão cerebral grave e uma fractura no braço esquerdo.

Outros três feridos, entre os quais dois homens, de 20 e 29 anos, com fractura no fémur esquerdo, (um deles é o motorista da viatura que provocou o acidente) e uma mulher, de 31 anos, com trauma crânio-encefálico, nomeadamente a mãe do bebé que faleceu na Catumbela, permanecem internados no Hospital Geral de Benguela.

Segundo a responsável, a situação é delicada e obrigou a mobilização de uma equipa médica multidisciplinar, que além de médicos em neurocirurgia, cirurgia geral e ortopedia, integra dois psicólogos, que estão a prestar apoio aos feridos, desde a chegada ao hospital. 

Fonte: Angop

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK