Alfabetizadores há mais de um ano sem salários


Os alfabetizadores que por sinal são voluntários, apelam as entidades competentes mais apoios para que as suas missões tenham êxitos, bem como uma sociedade instruída e melhor.
DR

Num momento em que se assinala o dia Internacional da Alfabetização, os alfabetizadores da cidade do Lobito, província de Benguela, sentem-se desmotivados e lamentam por não receberem os subsídios há mais de 18 meses, apesar do atraso no pagamento dos subsídios os alfabetizadores continuam a leccionar contribuindo deste modo para erradicação do analfabetismo a nível do país.

Dados divulgados hoje durante um encontro de reflexão em torno da efeméride, dão a conhecer que, na cidade Lobito há mais de 118 albetizadores, os mesmos alfabetizaram este ano numa primeira fase mais de cinco mil alfabetizandos, dentre eles jovens e idosos, na segunda fase que já teve início a previsão é de alfabetizar mais de três mil alfabetizandos.

Rádio Mais

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
2
   
1
   
1
   
6
   
4
   


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK