Agência de notícias de Angola faz acordo com agência da ditadura da Coreia do Norte


O que o país de Kim Jong-un ajudará na democratização da imprensa?

A ANGOP e a Agência Central de Notícias da Coreia do Norte marcaram, esta quarta-feira, um novo passo no aprofundamento da sua cooperação, com a assinatura de um Memorando de Entendimento entre ambas.

Assinaram o documento, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, e o embaixador extraordinário e plenipotenciário da República Popular Democrática da Coreia, Jo Pyong Chol.

Presentes ao acto estiveram, igualmente, o secretário de Estado para a Comunicação Social, Nuno Caldas Albino, representantes do Ministério das Relações Exteriores, bem como o presidente do Conselho de Administração, Josué Isaías, e administradores executivos da agência.

Na sua breve declaração, o ministro Manuel Homem enquadrou o acto na agenda de aprofundamento das relações entre o dois países, processo em que, segundo sublinhou, as duas agências noticiosas têm um papel fundamental na difusão de conteúdos noticiosos relacionados com ambos.

Por seu turno, o embaixador Jo Pyong Chol também enquadrou o mesmo passo no reforço da cooperação entre os dois países e as duas agências noticiosas

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários