Adolescente de 15 e namorado de 23 presos por abortarem gravidez


O estudante de Medicina que receitou os medicamentos fugiu.

Uma adolescente de 15 anos e o namorado, de 23, são acusados do crime de aborto provocado.

O crime foi participado pelo piquete do hospital Ana Paula, do bairro Kapango, no Luena, província do Moxico, quando a acusada em companhia do suposto namorado solicitaram os serviços do seu amigo, em fuga, estudante de medicina e estagiário numa das unidades sanitárias daquela cidade afim de efectuarem uma interrupção forçada da gravidez de aproximadamente seis meses.

Segundo a Polícia, após a implicada sentir intensas dores foi transportada para o hospital em referência e submetida a exames, onde "constatou-se que a mesma terá ingerido vários medicamentos que provocou o aborto."

O estudante de medicina que facilitou o acto está foragido.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK