25 mil angolanos morrem por falta de saneamento básico


Falta de saneamento básico matou 25 mil angolanos.

Segundo o relatório social do Centro de Investigação Científica da Universidade Católica apresentado ontem, em Luanda, entre 2018 e 2019 cerca de 26 milhões de angolanos deram entrada nos hospitais, 25 mil morreram por causa de doenças provocadas pela falta de saneamento básico. 

REAÇÕES

0
   
0
   
1
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários