Foi Luther Rescova quem pagou mestrado de Cabingano Manuel - Jornalista agradece


O jornalista e director de informação da TPA revelou que foi o falecido jovem governador que patrocinou o seu mestrado em Jornalismo no Brasil, mesmo sem tê-lo conhecido.

Nas redes sociais, Cabingano Manuel contou que conheceu o político no CANFEU em 2010, na altura Secretário Nacional da JMPLA, .

“Estávamos no pavilhão gimno-desportivo do Uíge, lotado de jovens universitários, para a cerimónia de abertura do tão esperado CANFEU2010. Na tribuna, Luther Rescova e as autoridades da província. Na quadra, eu, o repórter inexperiente que se iniciava há três anos, na actividade jornalística. Ao olhar para a colocação do microfone na tribuna, decidi subir para posicionar melhor, pois estava a ser “engolido” pelos microfones de outros órgãos destacados para a mesma cobertura. Quando coloquei a mão para reposicionar o microfone, alguém levantou-se, rapidamente e quase que inclinado para frente, disse: “CABINGANO preciso falar contigo”. Olhei, sem o reconhecer, respondi: “Está bem, depois da cerimônia. Desci da tribuna e fui perguntar ao meu colega, repórter de imagem, quem era a figura que me abordara.”

Depois da actividade conta o jornalista, Luther diz: “Cabingano vi a reportagem da tua defesa de tese no ISCED, ouvi o teu pai falar emocionado pela tua conquista e vi-me em ti. A tua história de vida é muito parecida à minha. Estás de parabéns”.

Os dois trocaram os números, duas semanas depois o político ligou a perguntar se Cabingano fez o levantamento de quanto precisaria para fazer o mestrado. O agora director de informação da TPA, agradece o gesto.

“Hoje, sou quem sou também pela generosidade de Luther Rescova, o político, governador e académico que o país chora. Eu choro de forma desesperada pela morte prematura do irmão que ganhei, do padrinho da minha primogénita, do amigo de todos os momentos. Foram muitas histórias juntos que não cabem numa publicação. Aliás, já custou-me escrever esta”, escreveu.

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
2
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK