Banco dá mbaia a Tony Amado – Kudurista está há 5 anos à espera de crédito


Ministra da Juventude e Desportos promete fazer chegar a reclamação do kudurista ao presidente.

O fundador do estilo musical kuduro espera há cinco anos um crédito de mais de 9 milhões de kwanzas para abrir um estúdio musical. Até agora, desabafa Tony Amado diante da ministra Ana Paula da Silva do Sacramento Neto, não lhe foi dada qualquer resposta por alegadamente “ser kudurista.”

Tony Amado apresentou o descontentamento durante a reunião que os fazedores deste estilo mantiveram com a ministra da Juventude e Desportos.

REAÇÕES

0
   
1
   
0
   
0
   
3
   
0
   
0
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK